Um blog que surgiu do interesse de três colegas de profissão, profissionais de adoram o que fazem e não se cansam de trocar experiência, discutir o porquê de cada coisa, aprender e melhorar a cada dia nosso ofício. Junte-se a nós, apresente sua opinião de como você trabalha com o pilates, interaja.... será um prazer trocarmos nossas experiências!

26 de abr de 2012

Leitura obrigatória


Você já ouviu falar deste novo livro? Pilates sem rico, Os riscos mais comuns e como evitá-los. 
Já adquiri o meu e fiquei encantada, na minha opinião, 
deveria ser leitura obrigatória para instrutores de pilates brasileiros. 
Temos poucas publicações em português e caso você resolva investir em somente 1 livro, 
não hesite em comprar este. É muito didático, bonito, com observações bem interessantes. 

Veja a sinopse divulgada pela editora:
O objetivo desta obra é estabelecer uma conexão entre a anatomia e os exercícios de pilates a fim de promover a sua prática segura. Para tanto, os autores:
- expõem em cada capítulo um risco particular relacionado a determinado exercício;
- apresentam os motivos;
- propõem alternativas seguras; e
- descrevem exercícios do Reformer e do Mat (solo), semelhantes entre si, nos quais a mesma situação de risco é encontrada.
Os capítulos foram estruturados com o intuito de facilitar o aprendizado e a memorização ao associar práticas e estruturas anatômicas.
Pilates sem riscos destina-se não só a praticantes e instrutores de pilates, como também a estudantes e profissionais de saúde que têm interesse em aprender e aperfeiçoar seus conhecimentos sobre pilates, essa modalidade que tanto auxilia na promoção do bem-estar, do condicionamento físico, da boa postura e da consciência corporal.

Sobre os autores:
Blandine Calais-Germain é professora de dança e renomada cinesioterapeuta, é autora dos livros Anatomia para o movimento, O períneo feminino e o parto, Respiração-Anatomia: ato respiratório, entre outros. Leciona desde 1969, época em que criou o método “Anatomia para o movimento” e seu repertório de prática, o “Gesto anatômico”. Suas aulas são ministradas em sua própria escola e também em instituições, universidades e hospitais.
Bertrand Raison: Paralelamente ao doutorado em filosofia, Bertrand Raison estudou dança e a técnica de Pilates com Jerome Andrews nos anos 1970 em Paris; continuou sua formação em Los Angeles, depois em Nova York, com Merce Cunningham, e no Japão. Atualmente, ensina Physiotonics Pilates em Paris.
 
Por Ge Gurak

19 de abr de 2012

Sonho de todo apaixonado

Depois de belas fotos chegou a hora de um poema divulgado pelo pessoal da 
Plenitude Treinamentos que não poderia ficar de fora do nosso blog



Sonho de todo apaixonado

"Daqui há alguns anos numa caminhada inocente pela praia um 

garoto da distante ilha de Samoa pergunta ao pai:

- Pai, o que é Pilates?

E o pai na sua sabedoria de quem muito já viveu explica:

- Para o atleta, desafio;

Para o idoso, funcionalidade;

Para o adolescente, organização;

Para o distraído, foco;

Para o concentrado, estímulo;

Para o desanimado, motivação;

Para o exagerado, equilíbrio;

Para o tímido, arte;

Para o artista, vida;

Para todos, solução!"

Autoria: Alexander Ohl 

15 de abr de 2012

Pilates com Arte n2

Esta semana vi uma foto muito bonita divulgada pelas redes sociais pela Physio Pilates.
É a admirável Alice Becker que foi fotografada pelo Claudio Soares 
em uma paisagem deslumbrante aqui no Brasil. 

Inspirada nesta foto, 
segue algumas que estavam salvas no meu computador e 
que acho uma verdadeira poesia 
com uma beleza indescritível





OBS: não sei a origem destas fotos, 
mas agradeço se alguém puder orientar de que são os créditos

Por Ge Gurak

9 de abr de 2012

MMA, Lutas e auxílio do Método Pilates na formação de Campeões

Está uma verdadeira febre este termos não é?
E tenho acompanhado vários instrutores começando ou explorando
 um trabalho para este atletas com resultados bacanérrimos.
Então minhas dicas são:
Atletas deixem o preconceito de lado e procurem um bom instrutor de pilates.
Instrutores: abram seus horizontes para as possibilidades que o método 
pode beneficiar estes atletas.


E para ilustrar um vídeo e dois links




Por Ge Gurak