Um blog que surgiu do interesse de três colegas de profissão, profissionais de adoram o que fazem e não se cansam de trocar experiência, discutir o porquê de cada coisa, aprender e melhorar a cada dia nosso ofício. Junte-se a nós, apresente sua opinião de como você trabalha com o pilates, interaja.... será um prazer trocarmos nossas experiências!

26 de mai de 2011

Um Novo Pilates?

Fazia tempo que não escrevíamos, nossa equipe teve um sério problema: tivemos dengue e isso nos debilitou no último mês, mas agora devagar as coisas estão voltando ao normal e já da para pensar em novidades.
Novidade é o tema de hoje... todos os dias, ouvimos falar de ações que os studio de pilates estão fazendo para se reinventar, para atrair novos clientes, ajudar a manter os que estamos atendendo... as vezes são acessórios novos. Acessórios que deixam os professores de pilates maluquinhos e morrendo de vontade de adquirir. As vezes, são aparelhos, outras metodologias... 
Hoje vou me deter a metodologias de aulas pois me preocupa para onde o pilates caminha. Já ouvi de uma professora que é referencia do método no país que o pilates já saiu do top das atividades físicas e que está em decadência no mundo segundo o Colégio Americano de Medicina do Esporte. Eu sei, esta notícia corta o coração de profissionais de pilates apaixonados... por mais que você não concorde com isso. Manter todos estes alunos praticando pós a modismo será uma tarefa árdua aos profissionais de pilates. Muitos clientes nos procuram porque o pilates está na moda e 9 entre 10 famosos praticam. E talvez, se nos próximos anos uma nova modalidade for lançada, estes clientes, se não cativados, podem migrar para o que está no top das atividades do momento.
O vídeo que segue abaixo é de um Studio da California, por sinal os americanos vivem desenvolvendo novos produtos desta área. Este vídeo propõe uma evolução da utilização da prancha de molas e exercícios de pilates (como brasileira não posso deixar de comentar o detalhe musical,  o samba que toca no fundo)


E ai? O que você achou? Você concorda com esta metodologia? Você acha que podemos chamar isso de pilates? Ou não? Você acredita que trabalhar desta forma vai descaracterizar o método?
Apesar de lançar estes questionamentos gostaria de deixar uma sugestão :
" Antes de qualquer coisa, tente começar fazendo o básico, o tradicional, bem feito. E terás um grande desafio pela frente..." 
Por Ge Gurak

4 de mai de 2011

Você conhece a ABRAPI?


Após 3 encontros nacionais preparatórios para fundação da Aliança Brasileira de Pilates – ABRAPI, realizados, respectivamente, em Salvador-BA no dia 06 de dezembro de 2007, em São Paulo no dia 19 de abril de 2008 e em Curitiba, em 09 de agosto de 2008, está oficialmente fundada a ABRAPI- Aliança Brasileira de Pilates.
A ABRAPI é uma associação sem fins lucrativos, destinada a congregar pessoas físicas (e não empresas), que exerçam funções especializadas do Método Pilates estimulando seu aprimoramento, a multiplicação dos conhecimentos e a investigação científica relacionada ao método.
Pretende ainda orientar e esclarecer a sociedade em questões relativas ao método Pilates bem como  representar os interesses dos instrutores associados frente às entidades fiscalizadoras das atividades afins e aos conselhos de classes dos profissionais que a constituem.
Cabe dizer ainda que não é finalidade da ABRAPI atestar ou validar cursos de formação, material didático e equipamentos de Pilates.
A oficialização aconteceu em assembléia realizada no Rio de Janeiro, no dia 29 de janeiro de 2010.
POR QUE PARTICIPAR DE UMA ASSOCIAÇÃO?
Todos os segmentos profissionais possuem suas organizações representativas: quanto maior o segmento, maior a quantidade de membros de sua associação. São estas associações profissionais que influenciam a legislação que define seu exercício profissional, financiam pesquisas e desenvolvimento, direcionam o foco da profissão e assistem no desenvolvimento de padrões educacionais e profissionais, além de protegerem a profissão de uma dissolução e absorção por outros campos profissionais.
Os benefícios mais comuns que estas associações oferecem são descontos em itens e serviços, jornais eletrônicos ou impressos, conferências e outras conquistas que dependem do tamanho da associação.
O que define uma associação profissional são seus propósitos e seus benefícios não devem ser vistos como os motivos para aderir a ela. A finalidade da associação é fortalecer a prática profissional aproximando as pessoas em torno de objetivos comuns, identidade e participação deste campo profissional
QUAIS AS VANTAGENS DE SE ASSOCIAR A ABRAPI?
Fazer parte de uma rede nacional de profissionais de diversas áreas que aplicam o Método Pilates no seu trabalho, de forma criteriosa e responsável e em constante busca de sua excelência e aprimoramento.
Fazer parte de uma rede internacional de profissionais de Pilates que hoje inclui associações de diversos países de todos os continentes.
Contribuir com a preservação e futuro do Pilates no Brasil.
Contribuir com a qualidade do Pilates praticado no Brasil.
Participar da definição dos parâmetros sobre o método Pilates que irão orientar instituições certificadoras,  as instituições regulamentadoras de profissões em todo país (CREFITO, COFFITO, CONFEF e outras), bem como toda a sociedade.
Ter acesso à área restrita dos associados com fóruns de debates .
Ter acesso à literatura e pesquisas científicas relacionadas com o Método Pilates.
Receber informações atualizadas sobre o Pilates de todo o mundo.
Participar e contribuir com a realização de eventos de Pilates que tragam informações atuais e históricas sobre o Método.
Participar das assembléias gerais, contribuindo com seu voto para a aprovação das importantes decisões e projetos a serem desenvolvidos, bem como candidatar-se aos diversos cargos de suas diretorias e de seus comitês.

Todas as informações foram retiradas do site da ABRAPI e lá veja todos os objetivos  http://www.aliancabrasileiradepilates.com.br/

Divulgo por participar e acreditar na importância
por Ge Gurak